Freguesia de Figueira de Lorvão - Penacova
  

Centro de Bem Estar Social da Freguesia de Figueira de Lorvão - Penacova
O Centro de Bem Estar Social da Freguesia de Figueira de Lorvão, nasceu da reconversão de estatutos de uma obra social – o Asilo de Nossa Senhora do Rosário – que teve o seu começo (lançamento da primeira pedra) no dia 6 de Janeiro de 1944. Pôde acontecer dada a generosidade e espírito de solidariedade do povo desta freguesia. O projecto fundou-se no legado de um filho desta terra (natural da Alagôa) Manuel de Sousa Barbosa, que sonhou erguer essa obra. Apesar de generoso na sua dádiva, com a desvalorização da moeda, veio a mostrar-se incapaz de responder, por si só, à edificação desta obra. Foi aí que a solidariedade falou bem alto e em Setembro de 1945 estava de pé e edifício, cuja traça exterior ainda se mantém.
A Direcção eleita em finais de 1969 elaborou uma proposta dirigida às entidades competentes pedindo a reconversão da obra, que passaria a servir no apoio à terceira idade, ocupação de tempos livres (crianças e jovens) Jardim-de-Infância, com promoção cultural, recreativa, etc. Para estudar a viabilidade deste projecto e fazer o levantamento das carências e dos prováveis utilizadores desses serviços, vieram até nós duas Assistentes Sociais. Elas elaboraram a história da nossa gente, usos e costumes, tradições, condições de vida, nível de alfabetização. Tudo isto ficou redigido e constituiu um volumoso processo que pertence ao arquivo da Segurança Social. Isto terá ocorrido por volta do ano de 1972.
Em Outubro de 1981, numa Assembleia-geral Extraordinária foi eleita uma nova Direcção e foram-lhes concedidos poderes para alterar os estatutos e reconverter o Asilo Nossa Senhora do Rosário em Centro de Bem Estar Social da Freguesia de Figueira de Lorvão. Em Dezembro do mesmo ano foram apresentados em Assembleia-geral os novos estatutos. Foram aprovados por unanimidade.
Foi registado definitivamente como Instituição Particular de Solidariedade Social em 1991, com a inscrição nº 6/90 a fls 96 Verso do Livro nº 4 das Associações de Solidariedade Social e averbamento nº 2 da referida inscrição.
Pelas provas aqui relatadas e pelo testemunho dos habitantes desta freguesia, é mais que sabido e sentido, que desde há mais de meio século estamos ao serviço da Solidariedade Social. Foram várias as gerações que se empenharam e esse espírito continua bem vivo.
Entretanto em 1994 foi entregue na Câmara Municipal de Penacova e Centro Regional de Segurança Social o projecto do futuro Lar e Centro de Dia, que iria ocupar as instalações do velho Asilo de Nossa Senhora do Rosário, que viria a sofrer as respectivas adaptações, praticamente obra de raiz. Em 27/05/1996 a Segurança Social, comunicou a sua comparticipação na obra em 60% do montante global.
Finalmente em 29/07/1997 a obra foi dada por concluída e a partir daí, após o seu equipamento e admissão de pessoal, pôde reabrir em 1998 para os fins para os quais foi concebido. O Lar está a funcionar em pleno e o Centro de Dia e Apoio Domiciliário tem já um número significativo de utentes.
Após uma largo período sem actividade, reiniciou a mesma em 1998 com as valências de Lar de Idosos, Centro de Dia e Apoio Domiciliário.
Em 11 de Agosto de 1998, fizemos também diligências para criar um ATL que serviria, 25 crianças.
Iniciou-se o processo, fez-se o levantamento dos possíveis utentes e foi-nos dado luz verde pelo Serviço Sub – Regional da Segurança Social de Coimbra, na pessoa do Dr. Sousa Alves.
Em 2001, iniciou o funcionamento em mais duas valências: Creche e ATL. Neste mesmo ano celebrou Protocolo com a Câmara Municipal de Penacova, com a finalidade de servir as refeições e assegurar o Prolongamento de Horário do Jardim de Infância de Figueira de Lorvão.
No desenvolvimento da actividade ao longo dos anos, de forma positiva, defrontámo-nos com a necessidade de reestruturar as zonas de serviços, nomeadamente construir uma nova Lavandaria e uma zona de arrumos e de ampliar/reestruturar a cozinha, assim como a necessidade de ampliar o Lar de Idosos.
Neste seguimento, em 2006 foi elaborada candidatura ao Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais (PARES I).
Esta candidatura foi aprovada, visando além da ampliação daquela valência, em mais 10 camas, a reestruturação e ampliação das áreas funcionais.
Esta reestruturação das áreas funcionais (lavandaria, cozinha e arrumos), além de ser indispensável ao bom funcionamento dos serviços da sede (que desenvolvia já as valências Lar de Idosos, Centro de Dia, Apoio Domiciliário, Creche e ATL), também nos foi exigida pelos serviços técnicos da Segurança Social, para podermos concretizar outro projecto, a implementação das valências de Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário na Freguesia de Sazes de Lorvão que entraram em actividade em Abril de 2007.
No decorrer destes anos de actividade, tem-se vindo a verificar a necessidade de readaptar os serviços prestados, tanto pelo aumento da procura daqueles assim como pelas actuais instalações (Edifício da Junta de Freguesia de Sazes de Lorvão), ou seja, estas já não estão a proporcionar a qualidade dos serviços que pretendemos oferecer. Associada a estas está a existência da procura da resposta de Lar de Idosos por parte dos actuais utentes e da população idosa extra instituição.






142401 visitas até ao momento.